RANCOR E HARMONIA NO DISCO DE GOTYE

Quem acompanha a Mixtape Atormentada já ouviu essa incrível música aí de cima na edição de setembro. Mas ela é tão sensacional que merece um post exclusivo aqui no blog.

O belga-que-vive-na-Austrália Gotye não é nenhum novato na música. Sua carreira já conta com 10 anos de estrada e 3 álbuns lançados. “Making Mirrors” é o mais recente, lançado na metade deste ano, e é nele que se encontra a belíssima “Somebody That I Used To Know”.

Com letra cheia de rancor, a música conta com a participação da cantora Kimbra, a cereja do bolo. Suavidade e delicadeza conduzem a harmonia e envolvem o ouvinte de uma maneira tão intensa que é quase improvável que você não coloque a faixa para tocar novamente logo depois de a ter ouvido. E o clipe, bem… dispensa comentários de tão lindo.

O restante do disco é bem surpreendente e vai muito além dessa sonoridade. As faixas se diversificam bastante, às vezes até dão a impressão de falta de coerência na obra. Mas isoladamente, as músicas funcionam e encantam, cada uma por motivos bem particulares.

Vale aquela audição com carinho! 🙂

Gotye - "Making Mirrors"

Anúncios

TRIBUTO À FRANKENSTEIN

“Its Alive” é um projeto que comemora os 80 anos do Frankenstein, através de 80 bustos em tamanho real retratando o monstro mais querido do cinema em curiosas facetas.

Para a tarefa, 80 artistas foram convidados a criar sua própria versão do personagem, e o resultado final é pra lá de criativo.

As obras estão à venda no site oficial do projeto, e a renda é toda revertida ao St Jude Children’s Research Hospital.

 

UM NATAL PRECISAMENTE COLORIDO

Já é Natal para a Pantone, a empresa responsável pelo sistema de cor mais utilizado na indústria gráfica ao redor do mundo.

As cores precisas, batizadas com códigos universais, agora podem deixar seu pinheirinho mais modernete!

#todosquer

CÍRCULO INCANSÁVEL

Outro dia a gente mostrou aqui no blog o pincel humano do artista Tony Orrico, que cria formas circulares com o próprio corpo. Agora, veja só o círculo do Eric Yeo.

Ele desenha uma linha circular sem parar, partindo do meio, e aos poucos o desenho vai tomando forma.

A Faber Castel, que não é boba nem nada, sacou a genialidade do rapaz e o chamou para estrelar um comercial de canetinhas.

JAQUETA QUE MUDA DE COR

por Maíra Thums

 

A cada dia encontramos novidades dentro da indústria têxtil e, apesar disso, a surpresa diante de algumas inovações nos faz sentir como crianças. Experimentei essa sensação ao assistir ao vídeo da Stone Island sobre o lançamento de uma “simples” jaqueta: a “Ice Jacket”.

A tecnologia desenvolvida permite que a jaqueta mude de cor conforme a sua temperatura. Originalmente, o modelo é amarelo, mas ao receber partículas de gelo, frio ou chuva, um pigmento escuro é fantasticamente espalhado pelas fibras, tornando-a completamente preta. Esse tipo de material é chamado de termo cromático, e dá pra entender o porquê.

A marca surgiu em 1982 e, desde então, mantém um compromisso com a tecnologia dentro dos segmentos de vestuário para baixíssimas temperaturas. Para comprar é só visitar o site da Haven.

ARTE À FLOR DA PELE

Usar o próprio corpo como “tela” para arte e expressão pessoal não é novidade nenhuma. Quem não tem – ou não conhece alguém que tenha – tatuagens?

Mas a artista Ariana Page Russell dá um passo além. Bem além! Ela cria desenhos e padronagens na própria pele através de arranhões!

Ela tem uma doença de pele chamada dermatografia, que resumidamente faz com que a pele fique super sensível a pequenos ferimentos. Mesmo os arranhões mais leves a deixam vermelha e com relevos.

O “efeito” dura aproximadamente 30 minutos antes de sumir, tempo que ela aproveita para registrar fotografias de suas “obras”.

Segundo Ariana, a reação é involuntária, então “funciona como a natureza incontrolável de um pincel ou outra ferramenta artística”.

Loucura, né? Mais fotos no site da artista.

 

TESTE: ÍCONES POP

Você acha que sabe de cultura pop? Música, cinema, TV, astros e divas? Então chegou a hora de testar seus conhecimentos!

Quantos ícones do mundo pop você reconhece na imagem acima?

São 315 desenhos feitos pelo artista Grégoire Guillemin. Garantia de passa-tempo!

via