ARTE À FLOR DA PELE

Usar o próprio corpo como “tela” para arte e expressão pessoal não é novidade nenhuma. Quem não tem – ou não conhece alguém que tenha – tatuagens?

Mas a artista Ariana Page Russell dá um passo além. Bem além! Ela cria desenhos e padronagens na própria pele através de arranhões!

Ela tem uma doença de pele chamada dermatografia, que resumidamente faz com que a pele fique super sensível a pequenos ferimentos. Mesmo os arranhões mais leves a deixam vermelha e com relevos.

O “efeito” dura aproximadamente 30 minutos antes de sumir, tempo que ela aproveita para registrar fotografias de suas “obras”.

Segundo Ariana, a reação é involuntária, então “funciona como a natureza incontrolável de um pincel ou outra ferramenta artística”.

Loucura, né? Mais fotos no site da artista.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s