KEEPS GETTING… BETTER?

Reflection

Quando eu tinha 13 anos, fui ao cinema com meu pai assistir ao filme Mulan e gostei muito, assim como gosto da maioria dos clássicos Disney. Em seguida, comprei a trilha sonora e uma das minhas músicas preferidas era “Reflection”, cantada por uma moça chamada Christina Aguilera. Naquela época, lembro de imaginar (baseado na voz) uma mulher alta, de cabelos castanhos, encaracolados e compridos, com seus trinta e poucos anos de idade. Imaginem minha surpresa quando, um ano depois, essa mesma Christina Aguilera se apresentou na primeira edição do Teen Choice Awards e ela não apenas tinha 18 anos e era loira e miudinha, como também dançava de forma sensual, cantando uma música sobre um gênio preso numa garrafa querendo se libertar para “agradar” seu amo. Pois é, quem não se lembra do final dos anos 90? Era boy-band e cantoras pop-chiclete pra tudo quanto era lado. “Genie In A Bottle” foi o carro-chefe do primeiro CD homônimo de Christina Aguilera, que acabou gerando outros hits como “What A Girl Wants” e “Come On Over Baby”. É difícil acreditar que já faz uma década que essas músicas tocavam sem parar nas rádios e os clipes passavam diariamente na MTV. Ai ai, meus anos de adolescente… Lembro até que doei quilos de arroz em troca de um ingresso para um show promocional que ela fez no Olympia em 2000.

Christina Aguilera

Além desse primeiro álbum, cheguei a comprar também o CD em espanhol (Mi Reflejo – que, ouvindo hoje, acho um dos discos mais bregas já lançados!) e o de Natal (My Kind Of Christmas).

Stripped

Em 2002, Christina voltou com o álbum Stripped e uma imagem muito mais ousada (pra não dizer “vulgar”).  Confesso que “Dirrty”, a primeira música de trabalho, me deixou com dúvidas quanto à qualidade do disco, mas quando a balada “Beautiful” foi lançada, decidi dar chance a Stripped. Pedi a uma amiga que me emprestasse o disco, que acabou me surpreendendo por algumas letras bem pessoais (“I’m OK”) e uma grande variedade de estilos musicais.

Back To Basics

Em 2006, Aguilera deu mais uma mudada na imagem para o lançamento do CD Back To Basics. O álbum (duplo) trazia um som influenciado pelo jazz e blues das décadas de 30 e 40, mas também contava com arranjos modernos. Pra mim, os destaques foram “I Got Trouble” e “Candyman”. O visual de Christina também foi influenciado por essa era e, apesar de ainda manter uma imagem sexy de certa forma, o lado devassa da cantora foi deixado de lado.

Keeps Getting Better

Fica claro que Christina Aguilera é realmente uma cantora. Sua voz (apesar de berrada, muitas vezes) tem um diferencial que muitas popstars da atualidade não têm. Seu estilo musical passou por várias mudanças e definitivamente amadureceu. Mesmo com um grande intervalo entre um CD e outro, ela conseguiu se manter na mídia, seja colaborando com outros artistas (entre eles, Ricky Martin, Nelly, Missy Elliot, além de Pink, Mya e Lil’ Kim na trilha sonora do filme Moulin Rouge – quem não se lembra de “Lady Marmalade”, não é mesmo?), beijando Madonna ao lado da colega Britney, dando à luz seu filho Max em 2008 ou ganhando prêmios Grammy (foram quatro ao longo de sua carreira). Ano passado, ela lançou a coletânea Keeps Getting Better: A Decade Of Hits que trazia dez sucessos, dois remixes e duas músicas inéditas, umas delas sendo a faixa-título. Apesar de ser provavelmente a música mais fraca de toda a carreira de Christina, já existe uma diferença no som que é um pouco mais eletrônico. Além disso, a cantora já abandonou o look pin-up de Back To Basics e anunciou o lançamento de seu próximo CD, Bionic, para abril desse ano, apresentando uma Christina mais “futurista” (o que quer que isso signifique).

Bionic

Basta ficar atento agora para ver se Aguilera conseguirá manter uma carreira constante e se essa aposta na música “futurista” valerá a pena, principalmente depois que novas cantoras como Lady Gaga, Rihanna e Miley Cyrus passaram a dominar as paradas americanas e o mercado jovem que, há dez anos, pertencia à Aguilera.

Anúncios

4 Respostas para “KEEPS GETTING… BETTER?

  1. hmmm essa capa ta meio lady gaga pra mim hmm
    adorei o post lucas
    parabens!:D

  2. CARA Christina Aguilera me lembra eu ligando pro disk MTV quando a Sabrina Parllatori ainda era alguém. O clipe era Genie in a bottle e minha amiga me deu o cd (denunciante de idade) de amigo secreto! \o/

  3. christina aguilera é respect, mas anda um pouco sumida..

  4. Como a gente tá VÉIO! Eu ainda acho que ela não lançou nenhuma música melhor que genie in a bottle. Mas essa capa modernosa me deu curiosidade pro próximo disco. 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s